INÍCIO / FUTEBOL PROFISSIONAL / NOTÍCIAS / MÁGICO TONDELA
CD Tondela bate o actual campeão nacional em sua casa (2-3)
 
 

4/29/2018
MÁGICO TONDELA
CD Tondela bate o actual campeão nacional em sua casa (2-3)



Quem nos conhece sabe da seriedade, profissionalismo e brio que este grupo de trabalho e todo o clube têm na defesa das cores auriverdes e de um futebol português plural e forte. Durante anos houve quem colocasse tudo isto em causa e que melhor forma de luva branca do que vencer em Lisboa nesta altura do campeonato e no nosso jogo 100 na Liga NOS?

Com efeito, a equipa de Pepa deu tremenda demonstração de qualidade em casa do SL Benfica no jogo da 32ª jornada do campeonato. Tão grande que lhe permitiu controlar os ímpetos do actual campeão nacional e vencer com distinção por 3-2 perante 50 mil pessoas.

As coisas até nem começaram de feição quando Pizzi marcou aos 12 minutos para os encarnados mas o coração desta equipa é gigante e personalizou em Miguel Cardoso a vontade de vencer. Aos 30 David Bruno tem assistência perfeita nas costas da defesa benfiquista onde apareceu Miguel a bater o guardião Bruno Varela.

Aos 39 o mesmo Miguel Cardoso fuzilou a baliza encarnada e colocou o Tondela a vencer na Luz ao intervalo. Impensável? Só quem não conhece esta equipa.

No segundo tempo o Tondela foi explorando a ansiedade local com incisivas transições rápidas que punham em sentido o guardião contrário. Conseguiram marcar um golo limpo (seria o terceiro de Miguel Cardoso) mas Nuno Almeida anulou indevidamente. Conseguiram isolar Tomané e ver este derrubado pelas costas, sem bola, por Ruben Dias. Nada… Mas é difícil travar este Tondela de coração cheio e o SL Benfica esbarrou sempre numa equipa que joga como verdadeira equipa grande que, quando ultrapassada, tem na baliza o gigante Cláudio Ramos.

Tomané deu a merecida estucada final aos 81 com Delgado a assistir de cabeça e o avançado auriverde a deixar Luisão nas covas para depois bater com classe Bruno Varela.

O SL Benfica ainda reduziu pelo isolado Salvio aos 90+4 mas a vitória não escaparia ao CD Tondela. Que justo, tão merecida, houve festa na Luz a carimbar (como se fosse preciso) a permanência e uma época estrondosa.

Para a história fica o grito de revolta dum grupo e dum clube tantas vezes insultado e que apenas conseguiu demonstrar neste jogo o que teve em todos os outros: seriedade, brio e profissionalismo. #SEMPRETONDELA

Sábado o CD Tondela recebe o Vitória Sport Clube, último jogo no João Cardoso esta temporada (18h15).



Jogo no Estádio do Sport Lisboa e Benfica, em Lisboa

Assistência: 50547 espectadores

Árbitro: Nuno Almeida

Ao intervalo: 1-2

Marcadores: Pizzi (12), Miguel Cardoso (30 e 39), Tomané (81) e Salvio (90+4).

Acção disciplinar: cartão amarelo a F. Cervi (32), Jorge Fernandes (45+1), Luisão (54), Tomané (61) e Cláudio Ramos (69). Expulsão do treinador do CD Tondela, Pepa (70).



SL Benfica 2

Bruno Varela, André Almeida, Luisão, Ruben Dias, Grimaldo, Samaris, Pizzi, F. Cervi, Zivkovic, Rafa e Raul

Substituições: André Almeida por Douglas (30), F. Cervi por Salvio (45) e Zivkovic por Seferovic (62).

Suplentes não utilizados: Svilar, Keaton, D. Gonçalves e J. Carvalho.

Treinador: Rui Vitória



CD TONDELA 3

Cláudio Ramos, David Bruno, Jorge Fernandes, Ricardo Costa, Joãozinho, Bruno Monteiro, Hélder Tavares, Claude Gonçalves, Miguel Cardoso, Tyler Boyd e Tomané

Substituições: Miguel Cardoso por Juan Delgado (80), Tomané por Heliardo (88) e Hélder Tavares por Joca (90+2).

Suplentes não utilizados: Ricardo Janota, Fahd Moufi, Sulley e Harramiz.

Treinador: Pepa

 




 
 
 
 
 
 
 
 
 

 
 
      

 
PÁGINA INICIAL  .  POLÍTICA DE PRIVACIDADE  .  TERMOS DE UTILIZAÇÃO
POWERED BY IVICEVERSA