INÍCIO / MEDIA / TODAS AS NOTÍCIAS / EMPATE NÃO DEIXA NINGUÉM CONTENTE!
Tondela e Paços de Ferreira ficam em branco (0-0)
 
 

3/5/2017
EMPATE NÃO DEIXA NINGUÉM CONTENTE!
Tondela e Paços de Ferreira ficam em branco (0-0)



Desfecho desinteressante para as duas formações da Liga NOS face aos objectivos traçados por ambas. Num jogo sem grandes oportunidades e, por consequência, sem golos, o empate era, de todo, o resultado acertado perante o desacerto que foram os 90 minutos no Capital do Móvel.

Pálida imagem da equipa auriverde sobretudo naquilo que deveriam ter sido as suas intenções ofensivas. Pepa pedira uma equipa com mentalidade vencedora e unicamente focada em procurar os três pontos mas foi uma manta muito curta aquela que os tondelenses tiveram em campo, tapando com segurança os caminhos da sua baliza mas arriscando pouco para chegar à frente e importunar o guardião contrário.

De resto, a primeira oportunidade do jogo veio do pé direito de Pedrinho que, ainda fora da área, obrigou Cláudio a defesa apertada no relvado ainda com o minuto 6 a decorrer.

Num dos poucos movimentos ofensivos com propriedade Miguel Cardoso isolou com pertinência o rapidíssimo Jhon Murillo mas este de ângulo apertado não conseguiu melhor que um remate à figura de Defendi.

Aos 14’ um dos momentos do jogo. Welthon, de livre directo, atirou “onde a coruja dorme” mas voou mais alto Cláudio Ramos para brilhar e atirar o esférico para canto. Que defesa! Que época, Cláudio!

Continuava melhor o Paços no ataque mas Barnes com um remate à meia volta encontrou o obstáculo de sempre no caminho. Cláudio segurou.

Após o descanso nota para uma jogada de envolvimento que levou Jaílson ao remate por cima do travessão e depois de 45 minutos muito pobres, com sinal mais para a equipa da casa que foi tendo quase sempre mais bola e iniciativa de jogo, o Paços levou a bola à barra de Cláudio com um cabeceamento ao segundo poste que pingou no travessão da baliza tondelense, para alívio das várias dezenas de adeptos auriverdes que desafiaram a chuva para apoiarem o CD Tondela.

Fim de jogo sem golos que deixa um travo amargo. Aos auriverdes a urgência de pontos pede vitórias pelo que o empate é, em casa ou fora, resultado indesejável sendo certo, porém, que é mais um ponto numa luta cada vez mais complicada pela manutenção.

Sábado (20h30) regresso ao João Cardoso para a 25ª jornada da Liga NOS frente ao Sporting CP.



Jogo no Estádio Capital do Móvel, em Paços de Ferreira

Árbitro: Rui Oliveira

Acção disciplinar: cartão amarelo a João Góis (48), Wagner (64), Welthon (66), Claude Gonçalves (78), Kaká (80) e Vasco (90+2).



P. Ferreira 0

Defendi, Baixinho, Welthon, Medeiros, Pedrinho, João Góis, Gégé, Barnes, Filipe Melo, Vasco e Filipe F.

Substituições: Barnes por Ivo (45), Medeiros por Valente (77) e Pedrinho por André (86).

Suplentes não utilizados: Mário Felgueiras, Monteiro, Christian e Phellype.

Treinador: Vasco Seabra



CD TONDELA 0

Cláudio Ramos, Jaílson, Osorio, Kaká, David Bruno, Hélder Tavares, Claude Gonçalves, Wagner, Jhon Murillo, Miguel Cardoso e Heliardo

Substituições: Heliardo por Amido Baldé (59), Wagner por Fernando Ferreira (73) e Miguel Cardoso por Murilo (87).

Suplentes não utilizados: Ricardo Janota, Pité, Pica e Batista.

Treinador: Pepa










 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
      

 
PÁGINA INICIAL  .  POLÍTICA DE PRIVACIDADE  .  TERMOS DE UTILIZAÇÃO
POWERED BY IVICEVERSA