INÍCIO / MEDIA / TODAS AS NOTÍCIAS / NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS
Quartos de final ficaram à distância dos 11 metros
 
 

12/18/2018
NÃO HÁ DUAS SEM TRÊS
Quartos de final ficaram à distância dos 11 metros



O CD Tondela perdeu esta terça-feira frente ao Leixões no desempate da marca de penáltis e foi eliminado da Taça de Portugal. Com o foco em chegar pela primeira vez na história aos quartos de final, os auriverdes viveram um jogo de emoções fortes mas no final foi o conjunto de Matosinhos que festejou.

Numa partida que acabou empatada 2-2 no final dos 120 minutos, foi na marca dos 11 metros que tudo se decidiu com os leixonenses a levarem a melhor por 4-2.

Com uma entrada literalmente a perder através de uma grande penalidade sofrida logo no primeiro minuto do encontro, a reação tondelense foi positiva  com Delgado, aos 20 minutos, e Tomané, aos 25' (que golo de pontapé de bicicleta!), a darem a volta ao marcador.

O segundo tempo trouxe o golo do empate do Leixões à entrada para os últimos dez minutos do encontro, sendo que o 2-2 acabou por perdurar até ao terminus dos 90 minutos regulamentares e dos 30' de prolongamento, período em que os tondelenses tiveram ocasiões para desfazer a igualdade e levar a vitória para casa.

Depois, nos desempate da marca dos 11 metros, o Leixões foi mais eficaz ao converter quatro dos cinco remates, já os auriverdes marcaram apenas por duas vezes.

Com este resultado o sonho de seguir em frente na Prova Rainha caiu e com ele foi a hipótese de ser escrita uma nova página na história do clube.

À terceira não foi de vez, o Leixões venceu e deu a razão ao ditado que diz que "não há duas sem três".

O tempo é de olhar em frente e de se colocar o foco total no campeonato. Sábado há jogo no João Cardoso frente ao Marítimo (15h30). É já com esse encontro no pensamento que a equipa treina esta quarta-feira.


Ficha de jogo:

Estádio do Mar, Matosinhos

Assistência: Cerca de 1000 espectadores

Árbitro: António Nobre


Leixões: Luís Ribeiro, Jorge Silva, Pedro Monteiro, Bura, Stéphane (Evandro Brandão, 74'), Amine (Ceitil, 91'), Luís Silva, Bernardo, Erivaldo (Lawrence, 74'), Roniel, Kukula (Pedro Henrique, 62');

Suplentes: Tony, Tiago Moreira, Matheus, Ceitil, Lawrence, Evandro Brandão e Pedro Henrique;

Treinador: Filipe Gouveia

Tondela: Cláudio Ramos, David Bruno, Ricardo Alves, Jorge Fernandes, João Reis, Bruno Monteiro, Jaquité, Sérgio Peña (João Mendes, 67'), Delgado (Xavier, 59'), J.Murillo (Chicho, 83'), Tomané (Patrick, 115');

Suplentes: Pedro Silva, Xavier, Hélder Tavares, Patrick, Ricardo Costa, João Mendes, Chicho;

Treinador: Pepa.


Disciplina: Cartão amarelo a Delgado (45'), Bruno Monteiro (83'), Roniel (85'), Luís Silva (90');


Marcador:

1-0 Roniel, 2' (gp)

1-1 Delgado, 20'

1-2 Tomané, 25'

2-2 Pedro Henrique, 80'

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
      

 
PÁGINA INICIAL  .  POLÍTICA DE PRIVACIDADE  .  TERMOS DE UTILIZAÇÃO
POWERED BY IVICEVERSA